IMG_3541_68920531_664x373

A propósito da celebração dos 100 anos do Instituto Missionário das Filhas de S. Paulo, a irmã Eliete Duarte, directora da Paulinas Editora falou à Renascença.*

Entre outras coisas, falou «da grande aposta que têm feito para que o livro religioso não se diferencie dos outros no sentido da sua apresentação gráfica: “O livro religioso não pode ser o parente pobre da literatura, que a pessoa quase tem que ler às escondidas, porque tem vergonha de ter o livro na mão. Tem de ser um livro bonito, bem apresentado. Tão bonito ou mais bonito do que outros, porque a religião é uma coisa bela“. O preconceito “já se está a ultrapassar, graças a Deus”” afirma. »

Ao lermos a frase «porque a religião é uma coisa bela» escutamos de imediato o eco destas palavras do livro A Beleza salvará o mundo, do Pr. Brian Zahnd:

«Num mundo céptico, estamos em geral mais habituados a defender o Cristianismo em termos da sua verdade e bondade. Mas a beleza também pertence à fé cristã, e a beleza tem uma forma de ultrapassar as defesas e de falar de uma forma singular. Para uma geração desconfiada das reivindicações da verdade e não convencida por asserções morais, a beleza tem um fascínio surpreendente. E tudo quanto há em Jesus Cristo é belo! A sua vida, os seus milagres, a sua graça, o seu ensino — até mesmo a sua morte e sem dúvida a sua ressurreição — é tudo de uma beleza inimitável.
Um Cristianismo que esteja profundamente encantado com a beleza de Cristo e assim formado e modelado por esta beleza tem a oportunidade de apresentar a um mundo céptico e fatigado um aspecto do evangelho que tem rareado durante demasiado tempo. Onde a verdade e a bondade têm falhado em ganhar audiência, a beleza pode voltar a cativar e atrair os que encanta para o reino da graça salvadora. É possível contar a história cristã em termos de estética, porque a história de Jesus Cristo é assombrosamente bela. »

A Letras d’Ouro felicita a Paulinas Editoras pelo seu aniversário e trabalho que desenvolve em prol da literatura de inspiração cristã.

http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=29&did=190529